Sem categoria

Grant Morrison: O Nonsense Que Faz Sentido

preciso concordar com esse ponto de vista e acrescentar que Morrison é denso e profundo,autor exigente,porém contagiante!

Splash Pages

123, lá vou eu! Quem não se escondeu é meu! 123, lá vou eu! Quem não se escondeu é meu!

Muita gente diz que não encontra sentido nas histórias de Grant Morrison. Pode até ser. Mas que elas estão recheadas de significado, ah isso elas estão. Tudo depende, é claro, da forma como você as lê. Vamos falar um pouco sobre isso ao dar uma olhada no volume d’ Os Invisíveis chamado Conte Até Zero.

Primeiro, preciso defender Morrison das acusações daqueles que dizem que suas histórias não têm sentido. Ela têm. Começo, meio e fim definidos. Elas vão de uma situação inicial que se complica e se transforma no final. Talvez os temas e complicações das histórias do escocês não sejam tão permeáveis, mas aí entra o significado. Ele não é um só, por isso, essas temáticas tão fractais – uma imagem que se reproduz, que pode ser desconstruída pelo leitor em pequenos elementos que formam o plano geral.

Ver o post original 692 mais palavras

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s